segunda-feira, 12 de junho de 2017

Mary Balogh: Someone to Love (Anna Snow e Avery Archer) Spoiler

Someone to Love
Someone to Love (Alguém para amar*)-Mary Balogh
My rating: 5 / 5 

Anna Snow é uma jovem que foi criada num orfanato e que se descobre rica de um dia para outro porque seu pai que lhe deixa toda fortuna (alegoria aos contos de Fada). Deixando as duas meia-irmãs e seu meio-irmão pobres por conta da bigamia do pai.
Avery Archer, é um personagem indolente que aparentemente não liga pra nada, que possui beleza, porém não é um herói robusto, possui uma estatura mediana, é vaidoso ( um dândi que me lembrou o que sei sobre Lord Byron), vivido e experiente. Era tranquilo, nada parecia lhe abalar.
E assim, o improvável aconteceu, Anna, uma jovem professora de orfanato simplória, mas decidida e um herói vaidoso acabam envolvidos.
Anna se vê envolvida numa cadeia de familiares (muitos!) que querem tomar rédeas de sua vida e vítima do desprezo de quem ela mais desejava se aproximar: suas irmãs.
Avery se vê olhando àquela jovem sem ambição nenhuma e de repente toma-a sob seus cuidados e quando a família dela começa a planejar um possível casamento para ela, ele se adianta e pede-a em casamento.
É um casamento feito mais de paixão, atração sexual que de amor. O casamento que foi acordado entre os dois, sem conhecerem o que realmente sentiam é que vai provocar um leve desentendimento porque eles, embora seja amantes e amigos, algo lhes impedia de ser sincero um com outro, provocando essa ruptura.
Avery é aquele herói que luta pelos seus e cuida. Se precisa lutar, coisa que odeia, ele vai lá e toma a situação sobre controle. Os diálogos são cheios de ironias, o que muito me agradou. Era um camaleão que se adaptava ao que viesse. Adorei quando ele, - para defender a honra de Anna e da irmã dela (Camille) - pronunciadas pelo ex-noivo de Camille; escolhe desafiá-lo numa luta de braços. Embora todos desacreditassem que ele pudesse conseguir vencer o forte e robusto ex-noivo, visto que não tinha lutado nunca, ele conseguiu. E foi lindo para mim, porque Anna presenciou escondida (rsrs)
Bons personagens, visão intimista dos dois, algumas vezes, senti falta de mais diálogos. Mas nada que me deixasse frustrada. Me fez rir e gostar dos personagens, então para mim valeu a leitura.
* Tradução própria. 
** Faz parte de uma série: Westcott. É 1º/3.
Vendas:
View all my reviews

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por tirar um tempinho para passar aqui!

Robert Goolrick: Una esposa de fiar

Una esposa de fiar  -  Robert Goolrick Personagens: Ralph e Catherine Minhas estrelas: 4  Este foi um dos livros polêmicos que ...