sábado, 10 de setembro de 2016

Diana Palmer : Invincible

Invincible
Invincible by Diana Palmer
My rating: 3 of 5 stars

Os mocinhos rudes e mocinhas ingênuas são característicos dos livros de Diana Palmer.
Carlie é uma jovem que trabalha no departamento de polícia, adora jogos virtuais, que ao testemunhar um crime sua vida corre perigo. Filha de um agente que se tornou pastor, ela foi criada com a mãe, já que o pai se mandara no mundo a trabalho e por não desejar amarras. É uma garota sofrida que já suportara coisas demais. O pai retornara quando a mãe morrera. Eles não possuíam muito e viviam em dificuldades.
Carson é o típico herói amargurado descendente dos Lakotas, que não queria envolvimentos e que foi é designado para protegê-la.
No incio há uma antipatia recíproca que com o tempo se transforma em paixão.
No entanto, para se permitir ser feliz, Carson primeiro terá que se libertar das amarras de um passado de sofrimento e traição.
Em meios a intrigas e conspirações, o amor vai florescer entre eles percorrendo um longo caminho...
Uma boa leitura

View all my reviews

Mary Balogh: A Masked Deception

A Masked Deception
My rating: 4 of 5 stars

O primeiro romance de Mary Balogh com todos elementos que a tornaram a grande escritora que é.
Uma história de um amor não correspondido quase fadado ao fracasso por uma série de erros.
Por obrigação familiar, Richard é obrigado a casar e escolhe por sugestão da família, a Margaret, uma jovem séria, aparentemente sem senso de humor e com um comportamento frio e impecável. Richard não vê nela nada que o atraia. E percebe que ela é bastante diferente da atual amante dele. Fica arrasado por ter que cumprir suas obrigações maritais com alguém tão apagada e simplória como ela.
Eles se casam e o relacionamento deles é bastante frio, sem o fogo da paixão. Isso por erro dos dois: ele por receio de ofender sua puritana mulher, age de maneira bastante fria e impessoal com ela; ela com receio de comportar-se como a mulher sedenta de paixão, que se escondia por baixo daquela capa de bom comportamento e da aparente apatia, não demonstrava que o amava secretamente há seis longos anos, uma paixão nascida durante a sua apresentação à sociedade, num baile de máscara, no qual Richard se sentiu profundamente atraído por ela e chegaram a trocarem carícias ardentes, mas por causa da mãe dela, ele não descobriu quem era a jovem mascarada. E nos anos subsequentes ele não via nela, nos encontros posteriores, a vívida jovem mascarada.
Mas, sua irmã mais nova ao descobrir o segredo de Margaret a induz a aparecer pra ele num baile de máscara, da mesma maneira de anos atrás. E Richard, ao vê-la como naquela noite, sente a mesma atração. E assim, seus encontros se tornam apaixonados sem ele saber que aquela fogosa mulher que ele tem encontros furtivos é sua recatada esposa. Será ele capaz de perdoar quando descobrir a verdade?
Mary Balogh nesse romance entrelaçou outras histórias de amor, mas tendo como fundo principal a de Richard e Margaret.


View all my reviews

Mary Balogh: Simply Unforgettable

Simply Unforgettable
My rating: 4 of 5 stars

Frances Allard ao retornar das festas natalinas enfrenta uma nevasca e termina envolvida num acidente com o visconde Lucius.
A princípio eles se detestam. Ele a acha um harpia e ela, pensa que é um mal educado grosseirão.
Por conta da nevasca que os impede de prosseguir para seus destinos, eles se veem presos numa pousada, cujos donos não estavam e lá são obrigados dormirem, providenciando comidas e abrigos para eles e seus cocheiros.
Assim, em meio a camaradagem que surge, um descobre que outro não era tão mau como a princípio pensavam e de repente, uma mútua admiração e atração cresce entre os dois. E num momento de loucura se entregam a uma ardente paixão.
Quando a neve permite que eles viajem, ele pergunta se ela aceitaria ser sua amante. Ela diz que não, que prefere continuar a ensinar. Eles se separam... Ambos chateados, um pela proposta e o outro indignada pelo "não" recebido.
Mas o destino teima em aproximá-los, mesmo eles se recusando a assumir o amor que brota no coração de cada um.

View all my reviews

MIA SHERIDAN: A voz do arqueiro

A voz do arqueiro
My rating: 5 of 5 stars

Archer é um jovem, cuja tragédia ocorrida quando ele era criança, o deixara mudo. Somente ele e outra pessoa sabia o que acontecera na noite em seus pais e o tio morreram e ele foi encontrado ferido...
Bree era uma jovem que passara por um trauma recente que resultara na morte do pai e que para esquecer um pouco foi parar na pequena cidade de Pelion.
Uma das primeiras pessoas que encontra é ele. Um jovem quase selvagem, lindo, estranho e muito desconfiado. Ela se sente de alguma forma envolvida por ele.
E descobre que poucas pessoas falam com ele, que foi criado por um tio estranho e que quase não saía da casinha onde morava. Vivia sozinho desde que o tio, Nate morrera.
Sua curiosidade a leva a procurá-lo e ao descobrir que ele não fala, começa a usar a língua dos sinais para tentar se comunicar, embora ele a princípio a ignore.
Nos passeios que sempre dar, ela sempre passa pela casa dele. A princípio, ele a ignora, mas aos poucos ela vai conquistando espaço e ele começa a falar com ela na língua dos sinais.
É, entre tramas e intrigas, que o amor cresce bonito e sensual. Mas, Archer terá que lutar por um lugar no mundo em que o ignora e o despreza para poder assumir o amor que sente por ela.
Uma linda história de amor, que supera diferenças e deficiências...

View all my reviews

Therese Fowler: Souvenir

Souvenir
Souvenir by Therese Anne Fowler
My rating: 4 of 5 stars

Livro com profunda carga emocional, mostrando o aspecto nu e cru da vida. A história comovente de Meg e Carson, suas renuncias, suas paixões e suas escolhas. O amor, a família, a dor da perda ... Um história que te faz retornar ao teu passado e lembrar da paixão adolescente e do que poderia ser se a vida te desse outras oportunidades.
E como é bom ter alguém para nos apoiar nos piores momentos da vida.
Chorei a cada virada de página e não consegui largá-lo até terminar.

View all my reviews

LaVyrle Spencer: Amargo pero dulce

Amargo pero dulce
My rating: 0 of 5 stars

Um triangulo amoroso escrito com toda sensibilidade dessa autora maravilhosa, LaVyrle Spencer, a paixão proibida pelo angulo de cada personagem envolvido. A dor da perda, a alegria do ganho e as pessoas que são envolvidas em meio a isso. O amor pode vencer barreiras e saltar obstáculos.
Na vida sempre um conquistará a felicidade suprema, vai depender de nossas escolhas, da tolerância, da paciência e do verdadeiro amor.
É Amargo sim, mas no final há doçura

View all my reviews

JUdith Ivory: Untie My Heart

Untie My Heart
Untie My Heart by Judith Ivory
My rating: 4 of 5 stars

Romance entre uma tosquiadora (Emma) e um visconde (Stuart).
Emma é uma mulher de trinta anos, que com treze anos fugiu para Londres porque seus queriam casá-la. Viveu lá fazendo trapaças e depois casou com um pastor beberrão mais velho e retornou para o campo. Enviuvou e foi cuidar da vida para se sustentar, sendo criadora de ovelhas e tosquiadora. Era uma mulher decidida, que já passara por poucas e boas na vida.
Stuart, era nobre, bonito e rico filho de uma mulher extremamente feia e rica a quem o marido detestava e maltratava. Ele vivenciou a infelicidade e a paixão doentia da mãe por alguém que a desprezava. Tão logo pode se libertar ele viajou para o oriente, onde viveu plenamente aventuras na Rússia imperial, possuiu haréns e viajou por outros lugares onde aprendera várias línguas. Retornou a Inglaterra quando o pai morreu para receber sua herança e o título.
O encontro deles ocorre porque a carruagem de Stuart atropela uma ovelha dela. E ela então vai atrás querendo que ele pague os custos. Ele acha que ela não tem razão. Ela com muito sacrifício vai a justiça para ver se consegue que ele lhe pague. Quando nada resolve. Ela prepara um golpe para tirar dinheiro dele... Fato que ele descobre e pega ela no momento da trapaça (um dos pontos altos da história), a chantageia dizendo que só não a entregará para a polícia se concordar em reaver uns bens de sua mãe que o tio dele (Leonard) roubara, embora este negasse o fato.
Ela com relutância decide ajudá-lo. E eles terminam envolvidos numa paixão intensa, enquanto tentam por meio de um golpe reaver os bens (sentimentais) dele.
Bem, em algumas situações, a autora, mostrou cenas ardentes, a primeira vez deles, foi porque ele a praticamente a forçou... As outras foram cenas de profunda entrega... Mirem a cena dos dois nus, no telhado do hotel. Loucura de Stuart!
Emma não podia entender como um homem podia atraí-la de tal maneira. E nem porque ele se sentia atraído por ela, mesmo estando fora dos padrões de beleza, pois era rechonchuda. Ele dizia que ela parecia aquelas mulheres das pinturas de Rubens. Stuart morria de ciúmes do falecido... Era possessivo. Emma achava que ela não era pra ele, que não o merecia.
Eu gostei muito da forma como ela escreveu.
E ela finaliza com esta frase: Untie me. Let me up. Wear me. I love you. Untie my heart. I will never be right without you. (Desate-me. Eleve-me. Use-me. Eu amo você. Desate meu coração. Eu nunca estarei bem sem você)


View all my reviews

Mary Balogh: Someone to Hold (Camille e Joel) Spoiler

Someone to Hold  (Alguém para Abraçar*) -  Mary Balogh My rating: 4 /5  Agora nos deparamos com história de Camille, a mais v...