sábado, 27 de fevereiro de 2016

Mary Balogh: The Secret Pearl

The Secret Pearl
The Secret Pearl by Mary Balogh
My rating: 5 of 5 stars

Já faz algum tempo que li este romance e me encantou profundamente, embora o começo tenha sido bastante assustador quando acontece o primeiro encontro deles. Mas é um livro que penetra na tua pele e você quer descobrir o que acontece com eles.
Fleur num último recurso se dirige a um bordel. Está faminta, sem abrigo, é realmente uma mulher desesperada. E Adam, a encontra na porta e a leva para dentro do bordel. E pensando que ela é experiente a toma, não com crueldade mais como um homem que vai num bordel apenas para ter sexo e nada mais. E qual não foi sua surpresa ao descobrir que era virgem. É uma situação difícil para ambos. Fleur, está tão magra, esquálida que faz dó, e ele um homem cheio de cicatrizes. Não é um casal bonito a primeira vista, atraente. Mas é justamente isso que faz o leitor desejar mais...
Adam é casado é profundamente infeliz, a mulher (Sybil)é uma persona non grata de primeira e eles tem uma "menininha"; ele é um homem honrado e esta foi a primeira vez que foi infiel a ela. Por trás das cicatrizes há um homem encantador. E se sentindo culpado, a contrata para ser a babá de sua filha Pamela (que não é dele) mas que ama acima de tudo.
Fleur a princípio se assusta quando é contratada por Adam, mas ela também esconde segredos que a impede de se sentir completamente feliz e tranquila. Apesar deles se evitarem ao máximo, não conseguem que a paixão cresça e floresça. Fleur em alguns momentos banca a covarde e indecisa e foge desse amor...
Mas é linda a história destes dois seres sofridos.


Rosemary Rogers: Bride for a Night

Bride for a Night

Bride for a Night by Rosemary RogersMy rating: 4 of 5 stars

É a primeira vez que leio algo desta autora e me agradou muito sua forma de escrever. De uma forma sensível retrata a personagem Talia Dobson, filha de um rico açougueiro que deseja a qualquer custo um título na família. Talia é uma garota simples, dedicada aos livros e que só deseja ficar quieta num canto. Mas, seu pai não lhe permite isso e a apresenta a uma sociedade orgulhosa, que não vê com bons olhos a ascensão da classe de comerciantes à nobreza. Mas sua introdução nesse mundo orgulhoso de seus títulos a despreza sem piedade, deixando se sentir inútil e relegada a indiferença e ao ostracismo nos salões de bailes. É então que seu pai decide que lhe comprará um marido e para isso escolhe o mais jovem endividado aristocrata da família Ashcombe que no dia do casamento abandona a noiva no altar e o resultado é que o irmão de Andrew que sembre assume os erros do irmão se torna seu marido, um homem indiferente e orgulhoso que leva a sério suas responsabilidades. Gabriel se casa, mas decide, após a consumação de seu casamento que enviará sua esposa a campo. E após uma gloriosa noite de amor, Talia vai para o campo e lá conquista com seu jeito simples os serventes;enquanto isso, Gabriel Richardson não consegue esquecer sua esposa e quando está quase ao ponto de ir atrás dela, descobre que foi raptada e então resolve resgatá-la em Calais na França e aí começa sua ventura para trazer sua mulher de volta e assim lutar para conquistar seu amor e a confiança. Só há um porém, ao reencontrá-la, percebe que a garota ingênua com quem se casara já não era a mesma. Se transformara numa mulher fascinante pela qual valeria a pena lutar.Adorei a forma como a história se desenvolve, as pessoas nem tão boas e nem tão más e as cenas amorosas perfeitas, senti falta de algo por isso as 4 estrelas.

View all my reviews

Rona Sharon: Una vez, un libertino

Una vez, un libertino
My rating: 5 of 5 stars

Gostei da trama, dos diálogos e de como a autora conseguiu levá-los aos altos e baixos, por conta dos ciúmes, dos desentendimentos, das palavras ditas em momentos inapropriados, sem deixar que os vai-e-vem deles caísse na monotonia. Gostei da autenticidades e dos personagens secundários, tais como o mordomo dele e as adoráveis gêmeas, irmã dela. Hilária a primeira vez que ela se apresenta na casa dele. Morri de rir. Gostei muito por ter me proporcionado bons momento, sem me enfastiar.
Original - Once a Rake
Personagens - Isabel e Lord Ashby
Local - Londres em 1817

Lisa Kleypas: Cuando tú llegaste

Cuando tú llegaste
My rating: 5 of 5 stars

Um dos melhores livros que li, amei a irreverente Lili, que por trás desta fachada de liberalidade escondia segredos e era capaz de tudo para conseguir seus desejos e seu companheiro, Alex Raiford não ficava atrás, com sua força e honradez, soube como ganhar direitinho seu espaço no coração desta dama. Uma dama escandalosa que ousou se apaixonar pelo futuro cunhado, desprezada pela sociedade e consegue atrair o sisudo, educado Alex. Uma trama envolvente.
Destaque para a Derek Craven, que faz parte desta série.
Original - Then came you
Personagens - Lili Lawson e Alex Raiford

Lola Rey: Y de repente tú

Y de repente tú
My rating: 4 of 5 stars

Anna e Peter desde crianças que eram unidos e cresceram sabendo que um dia iriam se casar. Mas um acordo entre seu pai e o marquês de Cornway pôs fim ao sonho deles. O acordo em que ela teria que se casar com o filho mais velho deste último, Robert um homem que não se interessava por nada. Acordo feitos, Anna tenta se rebelar, nem assim consegue impedir de se casar. Seu casamento transcorre insosso, sem nenhuma paixão, e tão esperado filho que era o motivo do acordos entre seus pais não acontece. E assim que passado dois anos deste infeliz matrimônio, ela se encontra viúva e se acha que pronta para voltar para Peter. Porém, o antigo acordo ainda vale e ela agora terá que casar com seu cunhado, o mais novo, um homem completamente diferente de seu apático marido. Ralph é mais aposto, mais enérgico e envolvidos em projetos de pesquisas. A princípio, ele se nega a casar, mas quando a conhece fica encantado com Anna. Mas ambos percorreram um longo caminho até se acertarem, pois o ciúmes e desconfiança se interpõe entre eles provocando o afastamento deles. Entre idas e vindas, eles terão que aprender a confiar e expor seus sentimentos para que possam serem felizes. os acertos e desacertos de um casal apaixonado. Uma boa leitura, com cenas ótimas que enriquecem esta.

Elizabeth Boyle: How I Met My Countess

How I Met My Countess
How I Met My Countess by Elizabeth Boyle
My rating: 3 of 5 stars

Lucy era filha de uma condessa italiana aloucada e escandalosa e de um batedor de carteira, que se tornou um dos melhores espiões da coroa e também um professor para os que tinham intensão de entrar como espiões do reino.
Clifton era um conde arrogante e pomposo e ela no momento em que o viu não gostou de jeito nenhum dos modos dele. Ela era uma expert e ajudava a preparar os aprendizes as maneirices e vigarices (ensinadas pelo pai) a ele e ao irmão bastardo Malcon. No início o ignorava suas chamadas e suas exigências. É durante o treinamento que, ela logo descobre que ele era feito de outro estofo, apesar da cavalheirismo, existia um homem honrado, corajoso e valoroso.
Então, mesmo o pai avisando que ela não devia se apaixonar por ele e que ele jamais se casaria com ela, ela se entregou a ele.
E no dia seguinte, ele viajou e ela não viu mais, somente sete anos depois a encontrou, já viúva. Mas, Clifton ignorava por que ela o tratava com indiferença e vai em busca de respostas que precisa, como teve sua fortuna espoliada, necessita descobrir quem é a viúva Standon (no caso ela), a quem seu irmão deixou um legado e que pode permitir recuperar o esplendor de sua terras.
Elizabeth Boyle escreve com humor característico, a momentos de risos, bons diálogos, emoções e surpresas e personagens(o pai, a irmã dela e o irmão dele, as outras viuvas, etc) que te agradam. Embora esse não seja o melhor dela, foi um boa e divertida leitura.

View all my reviews

Lola Rey: Si fueras mía

Si fueras mía
Si fueras mía by Lola Rey
My rating: 3 of 5 stars

Declan é um jovem pobre que conseguiu a duras penas enfrentar um mundo ao qual não pertencia. Era filho de uma governanta de um nobre, o qual pagou seus estudos em Eton, a renomada escola que forma(va) rapazes.
Decidido a se tornar advogado, abre um escritório junto a dois amigos, que possuam títulos, mas sem fortuna. Logo ele consegue se destacar e é contratado por Lord Wells, um nobre justo que tem uma filha, Emma - já comprometida por quem (Declan) se sente atraído. Mas conhecendo e sabendo que essa atração é impossível, procura afastar a jovem, que também se sente atraída, sendo grosseiro e indiferente.
No entanto, eles não resistem e se entregam a paixão que os domina. Mas, num ato de covardia, Declan foge, certo de que Emma seguirá em enfrente com o casamento e por não suportá-la perdê-la. Embora, o tempo dará todas as respostas e ele terá que resolver suas diferenças com a mãe e com o resultado de seus atos.
Emma é uma mocinha forte, corajosa que sabe o que quer e não se deixa abater por qualquer coisa.
Encara de frente o que possa ocorrer.
Uma leitura relaxante e é mais uma história sensível, sobre amores impossíveis e casais desiguais escrita por Lola Rey.

View all my reviews

Lola Rey : Renacer a tu lado

Renacer a tu lado
Renacer a tu lado by Lola Rey
My rating: 4 of 5 stars

O tema abordado aqui é o abuso sexual, não de forma crua, mas de forma suavizada e das consequencias quando acontece com a filha de um nobre.
Aqui encontramos Ellie, repudiada pelo noivo, pelos pais, amigas... somente uma pessoa não a trata como uma pessoa contaminada, manchada: seu irmão.
Mas, o pai e a mãe, num ato de cruel extrema, a casam por procuração, com um irlandês que vive na América. Entregue como um pacote, viajando com uma donzela, Nancy, Ellie chega a América cheia de baús e sem saber com quem estaria casada e como seria recebida. Mas logo de cara, o marido Aidan, reconhece que ela é alguém com educação e educada somente para fazer sala. E se enfurece, porque tudo que ele deseja e embrenhar mata adentro, enfrentando bandidos e índios rumo a Utah, em busca de um lugar para se fixar e criar raízes e gado e pensou como iria conseguir com uma mulher que nunca fizera nada nada na vida e ainda trouxera uma donzela? Mas Ellie, essa mocinha, que tem pavor do toque de um homem, irá mostrar a ele de que estofo é feita.
Com esse tema, e enfrentando perigos, Ellie e Aidan viverão, uma história de idas e vindas, de desconfiança, ciúmes, ataques e violência e ambos terão, que superar suas desconfianças e diferenças para viver o amor que brota em seus corações sofridos.
Uma historia comovente, que me deixou uma sensação terna.

View all my reviews

Susan Napier: O mágico do Paraíso

O mágico do Paraíso
O mágico do Paraíso by Susan Napier
My rating: 5 of 5 stars

Romance água-com-açúcar, singelo e gostoso de ler. Gina sempre foi deixada de lado pela mãe e suas irmas, uma escandalosa família e para ter um pouco de sossego, e também para fugir do escândalo no qual se viu envolvida, teve que ir para a ilha Paradise e lá encontrou Leo, um homem acostumado a ter tudo. Gina sem querer acaba se aproximando do filho de Leo, um garoto que não fala e que encontra nela um afinidade porque ela quase não pode falar por que tem um problema na traqueia. Leo, a principio a detesta e pensa que ela é uma golpista e não ver com bons olhos, a relação amigável que ela tem com o filho dele. Dessa aproximação, eles terminam por se apaixonar, mas Leo esconde segredos que pode afastá-los para sempre.

View all my reviews

Julia Justiss: O mistério de Laura Martin

O mistério de Laura Martin
O mistério de Laura Martin by Julia Justiss
My rating: 3 of 5 stars

A história de uma mulher que sofria abusos do marido e após a morte da filha resolve fugir dos maus-tratos. E com ajuda de sua babá vai se esconder no campo, num lugar bem distante, onde se dedica a cura através das plantas. Mas sua vida irá mudar qdo Kit, o irmão do duque de Beaulieu (Beau) é ferido e Laura é chamada para tratá-lo enquanto o médico não chega.
No inicio, ele não repara muito em Laura, visto que ela se camufla muito bem , através das roupas feias. Mas, ao descobrir o que ela esconde sob a fachada de roupas largas, o que no inicio era só curiosidade com o tempo se transforma em paixão.
Embora, o amor floresça, ambos terão que lutar contra o marido violento dela.
Não gostei da atitude do duque que permitiu que ela fosse descoberta pelo infame marido. E também porque a autora se perdeu nas partes descritivas e por conta disso, ocorreu a quase ou pouquíssima ausência de diálogos e isto tornou o livro maçante e arrastado.

View all my reviews

Anne Stuart - Num Lago Profundo

Num Lago Profundo
Num Lago Profundo by Anne Stuart
My rating: 4 of 5 stars

Quando eu li a sinopse deste livro, me senti atraída porque só tinha lidos livros históricos dela até então. Gosto de suspense mesclado com romance. E não deu outra. Quando comecei fiquei louca para saber quem era o personagem sombrio e escuso que se manifestava e agia segundo ele, os desígnios de Deus. Seu necessidade de matar era confessadamente prazeroso e que matava as mulheres que eram a expressão - segundo ele - do pecado.
O sonho de Sophie Davis, a virgem de trinta anos que nunca se envolvera com ninguém, porque não tivera tempo, era ter uma pousada para poder manter unida sua família composta pela mãe, que manifestava lapsos de memória e a irmã-ninfeta por parte de pai. Mas um atraente vizinho veio quebrar sua tão sonhada paz. E que, além disso, alugara a casa próxima a dela e a qual deseja comprar num futuro distante. Perturbador e aparentemente perigoso, ele representava para ela, a tentação e um certo receio. Tinha quase certeza de que não era quem dizia ser. Sophie se sente atraída e é em meio a esse paraíso de paz, que fora testemunho alguns anos antes o assassinato de uma jovem e também do assassinato de outras jovens ocorreram nesta cidadezinha de Colby, onde um jovem foi acusado do assassinato das três sem provas contundentes.
Sophie e John se sentem condenadamente atraídos um pelo outro, mas ao mesmo tempo não desejavam esse envolvimento; um por não confiar no que o outro aparentava ser, o outro porque não acreditava no amor e vão se entrelaçar numa paixão que vai superar suas desconfianças e suas crenças.
Mas alguém viera em busca de respostas; alguém mais sabia tudo sobre o assassino. E assim, um desfile de suspeitos vão surgindo, tornando a leitura mais e mais interessante. Quem matou as jovens? Teria mais alguém morto como essas jovens? Seria o atoleimado Pettey, irmão de uma delas? Seria o sério e virtuoso Patrick? Ou Doc, o amável e dedicado médico do lugar? E quem seria o misterioso vizinho John Smith, quais seriam suas intenções?
Façam suas apostas.
Personagens brilhantes como Marty, a irmã; a mãe Grace e outros que vão surgindo... tornam este suspense-romance algo que vale a pena ler.


View all my reviews

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Teresa Medeiros: Ojos de Angel

Ojos de Angel
My rating: 4 of 5 stars

Seu pai lhe prometeu que ele cuidaria dela. Ela esperou 7 anos por ele. E agora, aos 18 anos, queria se vingar de seu tutor, Justin Connor. Cansada de esperar por ele, na escola para senhoritas, onde passara de aluna à indigente, Emily Claire Scarborough desejando tomar rédeas de sua vida, embarca num navio com rumo a Nova Zelandia em busca do seu odioso tutor e no caminho, por desentender-se com seus acompanhantes de viagem que desejavam fazer-lhe mal, é atirada no mar e aparece desnuda na praia na qual Justin se esconde para expurgar ou expiar seus pecados ou arrependimento pelo amigo e pai de Emily.
Com personagens imperfeitos, problemáticos e atormentados Teresa Medeiros escreve esta adorável história de amor de uma jovem por um homem mais velho atormentado pelo passado e herdeiro de um ducado que se esconde do mundo. Justin ao herdar o ducado, vai atrás de sua pupila, sem saber que já havia conhecido, pois Emily não conta quem ela é.
Ponto positivo: o mordomo que é personagem caricato maravilhoso que torna esta leitura divertida.
Livro que me fez rir, chorar, sentir apreensiva e que simplesmente adorei. Mocinha cheia de vontades, corajosa, respondona que vai descobrir que a vingança tem dois lados e dos riscos que se corre por se apaixonar por alguém a quem só deseja o mau.

Publicada em inglês com o título: Once an angel em 1993.

View all my reviews

LaVyrle Spencer: The Fulfillment

The Fulfillment
The Fulfillment by LaVyrle Spencer
My rating: 4 of 5 stars

LaVyrle Spencer, foca em três personagens, formando um triangulo amoroso. Os irmãos Gray - Aaron e Jonathan que junto com Mary irão viver uma paixão e um amor abnegado. Com base num ato bíblico (Toma a Aarão e seus filhos para ajudar-te) Jonathan (depois de sete anos casamento sem filhos com Mary), decide pedir ao irmão Aaron que gere um filho com Mary. Eles ficam indignados com esse pedido e não concordam com isso. Mas, Jonathan não desiste e planeja viajar com a desculpa de comprar um touro para uma posterior criação de uma linhagem a tempos desejada. E os deixa a sós. Mary e Aaron sempre foram unidos e, tiveram uma boa relação e conversavam livremente sobre diversos assuntos.
No entanto, aquela insidiosa tentação plantada por Jonathan encontra terreno e nas caladas noites dos três dias de viagem deste, irrompe uma barreira e de repente, eles se encontram atraídos um pelo outro e a paixão explode então. Foi traição, sim, foi com conhecimento e causa.
E Jonathan, na volta, atuou como se nada tivesse acontecido, embora soubesse que eles tinham dormido juntos e aguardou até ter certeza que a ela engravidara.
E aí, a vida segue seu ritmo de vida no campo. Trabalho árduo, inverno rigoroso para todos (houve momento que quase sentia o cansaço deles e ela me deu pena da sua luta diária com aquela barriga enorme).
Cada um fingindo que nada acontecera, e haja incerteza, sobre os rumos que a vida daria.
Um erro fora cometido. Jonathan atuou como pai felizardo, Mary se sentia culpada e se dedicou mais ao marido e, Aaron, infeliz, decide ir embora para não prejudicar o relacionamento deles. Nasce uma menina, para decepção de Jonathan que desejava um menino, mas aceita isso. Já Aaron, sofre porque o que mais desejava era abraçar e tocar e acariciar a filha. Mas sabe que renunciou a esse direito... E o resto, só lendo para descobrir a intensidade deste romance.
O que me encanta na escrita da autora, é esse profundidade de sentimentos com que toca meu coração, fiquei com raiva, chorei, senti pena dos três e descobri que pode existir um amor companheiro e um amor apaixonado e abnegado e que em meio a natureza árdua e a morte pode brotar a felicidade.
LaVyrle descreve com maestria a vida nas fazendas e dos fazendeiros, o sofrimento para ganhar dinheiro, os divertimentos, a distancia que impedia uma visitação frequente dos parentes. Dou 4, 5 estrelas porque algumas vezes a descrição se tornava longa em demasia.

View all my reviews

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Mary Jo Putney: Pecado y virtud

  Pecado y virtud                                    
My rating: 4 of 5 stars

Reginald Davenport é um homem maduro em torno dos 40 anos, libertino, jogador, sócio de bordel e um alcoolatra em seu ultimo estágio e está espera de uma herança. Vive sempre envolvida em brigas, duelos. Suas bebedeiras e sua fama são históricas e o pior de tudo é que ele pouco se recorda após uma noite de bebedeira. É um anti-herói.
Alys é uma mulher madura em seus trinta anos, profundamente responsável e tem sobre seus cuidados três jovens. Se acha desengonçada, por conta da altura, e por conta de um acontecido no passado, acha que ninguém a aceitará como é. É uma mulher a frente de seu tempo, usa calças masculinas, comanda os homens da propriedade e faz atividades consideradas masculinas.
Quando Reggie, após uma reviravolta do destino, recebe a antiga propriedade dos seus pais, Strickland e decide dar uma olhada nesta. Ao chegar lá, encontra Alys como administradora e sua propriedade tendo bons rendimentos. Sua surpresa é grande, mas ela teme que ele possa despedi-la mesmo assim. E para sua surpresa, ele decide que ela deve ficar. E assim começa uma relação estranha permeada de intenções..., para seu desespero, ela se sente atraída por ele como nunca imaginou e ela acha que ele só se aproxima dela quando está perdido em meio as brumas da bebida.
Mas, Reggie tenta se redimir, tenta parar de beber e muitas vezes, se torna irascível e na falhas em parar de beber, muitas vezes, fere seus sentimentos.
A Reggie cabe a decisão de escolher entre a bebida e o amor.
Surpresas no final e no finalzinho o ritmo diminui, mas nada que atrapalhe a história.

Edição - 89/98/2006/07/12/14
Publicação - Paperback, ebook, hardcover, kindle

Curiosidade - ganhou o premio literário RITA em 1990 como Melhor romance de Regência

Citações:
"A vida sem risos não vale a pena vivê-la".
"A maioria das mulheres são extraordinárias, compensa o fato de que a maioria dos homens não o são".
"O perdão é a vingança máxima, e a indiferença é o máximo insulto".
"Confesse que o delicado recipiente do néctar entre suas coxas deseja receber a minha semente".

Teresa Medeiros - A Whisper of Roses


A Whisper of Roses
A Whisper of Roses by Teresa Medeiros
My rating: 4 of 5 stars

A história é dividida em partes:
Prólogo - (o encontro) A chegada de Morgan MacDonnell, um adolescente revoltado para passar uma temporada com o clã dos Cameron, que vai alterar alterar a vida da única filha deles - Sabrina, com oito anos. que ofereceu amizade e foi rechaçada cruelmente, determinando uma rivalidade entre os dois. Morgan adora provocá-la e faz pequenas maldades a ela, que nunca se queixa ao pai o tratamento recebido dele e jura que nunca ele a fará implorar.
Parte 1 - ( segundo encontro) - Morgan já adulto e mais selvagem como nunca, visita os Cameron junto com o clã do pai.
Parte 2 - A morte deste vai novamente alterar a vida de Sabrina. Para manter a paz, quebrada pela morte do pai de Morgan, o pai dela, Dougal a oferece para ele se casar com ela, o que a deixa bastante chateada com o pai. Eles se casam e vão para o decrépito castelo dos MacDonnell, tendo Morgan como chefe do clã. A vida de Sabrina, se torna cheia de intrigas e de inimigos que a desprezam. Um acidente vai provocar a ruptura desse incipiente amor que começava a florescer.
Parte 3 - Sabrina volta para casa...Totalmente mudada, se torna uma mulher amargurada. Morgan, a pedido dos pais dela, pedem ajuda dele para trazê-la de volta a vida. E Morgan a prova o quanto foi capaz de mudar por ela.
É uma história emocionante, cheia de intrigas, tramas e personagens intensos, riquíssimos de sentimentos, o que nos faz odiar, perdoar e amar. É uma leitura de pura magia!

Edição - 1993/94/2000/07/10/13/14
Publicação em Kindle, ebook, paperback, hardcover
"[...] but he knew that some truths were better discovered in their own time"

View all my reviews

Anhelo salvaje - Teresa Medeiros

Anhelo salvaje Anhelo salvaje by Teresa Medeiros
My rating: 4 of 5 stars

Procurado pela guarda Connor Kincaid, é um assaltante de estrada que vive roubando os ingleses que viajam pelas highlands. Vive assim desde que perdeu os pais e perdera suas terras.
Pamela é uma jovem altruísta que esquece de si mesma para ajudar a mãe e sua irmã. É forte, e tem caráter. Mas desde a morte do pai, está numa situação difícil e para tentar melhorar a situação viaja para a Escócia, a fim de encontrar o filho desaparecido de um duque e assim receber a recompensa. Ao ser assaltada por Connor, se sente atraída por ele e pede que ele se faça passar pelo filho desaparecido do duque, com a promessa de que isto os tornará ricos.
Ele também se sente atraído por ela. E ambos, nesta jornada de amor e engano, terão suas vidas modificada para sempre.
História simples e sensível, com cenas engraçadas e para completar, um mistério por trás de tudo isso.
Recomendo? - Sim!

View all my reviews


Título originalSome Like It Wild (Kincaid Highland, #2)
Publicação - 2009/ 2012/2013/2014/2015 (hardcover, paperpaback, masspaperback, kindle, ebook)

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Julia Quinn: The Secrets of Sir Richard Kenworthy

The Secrets of Sir Richard Kenworthy
The Secrets of Sir Richard Kenworthy by Julia Quinn
My rating: 3 of 5 stars

A princípio quando li as primeiras páginas deste livro ri com as situações ocorridas quando as garotas do quarteto Smythe-Smith se apresentavam, tocando desafinadas para uma platéia que anos após anos seguia ouvindo-as, mas por consideração a elas do que por ouvi-las.
Elas tinham consciência que não eram boas musicistas e aliás como sempre era uma apresentação horrível para quem assistia e para elas. E Sir Richard aportou levado por Winston Bevelstoke por que havia uma possibilidade dele encontrar uma esposa. E nosso mocinho precisava encontrar uma esposa urgentemente. E quando viu a garota que se escondia envergonhada detrás de violoncelo e era a única que tocava realmente, sentiu-se atraído pela aquela figura pálida, que era Iris, a qual as pessoas diziam que ela era carecia de cor.
Iris achava que nunca alguém repararia nela. E ao notar que ele se fixa nela, acha que ele esconde algo. Porém, os motivos de Richard exigem que ele se casasse com a máxima urgência. É então que ele arma um cilada para ela permitindo que fosse pego beijando-a e assim ela teria que se casar com ele. Mas, Iris era esperta demais e notou que ele armara e se sentiu magoada por isso, porque achou que ele não tinha um interesse real por ela.
Eles se casam obrigados e vão para Maycliffe, o condado onde viverão. Iris não entende porque seu marido não pode consumar o casamento. E acha que ele não a deseja e seus problemas apenas se agravarão quando ela encontra as irmãs dele. Há uma reação de raiva, algo estranho no ar que Iris não sabe o que é e que impede deles viverem como família.E é esse algo que ao ser descoberto poderá lhe permitir esquecer as mágoas e tentar fazer com que seu casamento funcione.
*Apesar das cenas engraçadas iniciais, a história tem seus altos e baixos. Os pontos altos são os pouquíssimos momentos apaixonados dos dois; a maneira como Iris resolve os problemas que impedem sua aproximação com o marido. Os baixos são a demora em se descobrir o segredo de Richard e sua necessidade de casar às pressas. É uma leitura leve, linear e sem muito do que encontramos nas suas histórias anteriores. Algo que senti falta. Pontuação 3,5 estrelas

View all my reviews

Julia Quinn: It's in His Kiss

It's in His Kiss
It's in His Kiss by Julia Quinn
My rating: 5 of 5 stars

Como sempre o humor predomina nos livros de Julia Quinn, e desta vez nos deparamos com a espevitada, inteligente e tagarela Hyacinth. E junte a ela, Gareth, o esperto e filho bastardo desprezado, . E tudo acontece, porque a senhorita Bridgerton desta vez foi alvo de nada menos que a adorável Lady Danbury que é avó materna de Gareth, que é o neto a quem ela simplesmente adora. E então, o destino faz cair nas mãos dele um diário em italiano da sua avó paterna e como não sabe ler nessa língua procura alguém que saiba.
Hyacinth que já o havia encontrado no famoso recital das Smythe-Smith, onde conversaram e trocaram algumas palavras na presença da Lady Danbury e conhecia da fama dele como cafajeste, mulherengo e fugidio de moças casadoiras. Ela tem sempre o costume de ler para velhinha esperta, e alguns dias após o recital, Gareth a encontra lá e descobre que Hyacinth tem noção de italiano. E assim, eles se tornam próximos e em busca de uma joia que pode permitir a Gareth de conseguir algo da herança, já que o "pai" está dilapidando a fortuna para que ele não herde nada. E nesse idas a casa do barão, as coisas acontecem, como um primeiro beijo. E o desejo cresce e a paixão dá mostra ao que se seguirá.
Personagens como sempre irreverentes, mocinha e mocinho, a mãe os irmãos que desejam se 'livrar' e (de vela casada e feliz) da contestação e da inteligencia de Hyacinth com suas prontas resposta, Lady Danbury que não foge à regra, tornam este um delicioso e alegre romance. O Epilogo me deixou um pouco a desejar, nada que desabone a leitura.

View all my reviews

Paula Marshall: An Improper Duenna

An Improper Duenna
An Improper Duenna by Paula Marshall
My rating: 4 of 5 stars

*Verônica era um solteirona pobre que vivia na residencia de sua prima Serena, arrogante e que gostava de espezinhá-la a cada oportunidade que tinha. A ela lhe cabia o papel de dama de companhia da sobrinha do marido de Serena.
Dez anos haviam passado desde o escândalo que a afastara do meio social e coube-lhe o cargo de dama de companhia.
Mas a chegada de Patrick Ramsay, o amante de sua prima, irá mudar seu destino. Há principio eles se desentendem, discutem, se desprezam. No entanto, a própria Serena, inconscientemente, os aproxima. E então, eles se tornam amantes.
Patrick, apesar de ligado profundamente a ela, por conta de sua posição não deseja desposá-la e parte para Londres. No entanto, logo se arrepende e volta para buscá-la.
Mas, o destino, a inveja, o ciúme e as palavras não ditas podem destruir esse amor.
*Ponto negativo foi o papel do mocinho, que para torná-la sua amante, Verônica servia; mas não para casar. O marido Charles de Serena, um homem fracote e sem personalidade, e que sabia das traições da esposa e que ora se impunha e ora não podia ofender a esposa traíra.
* No Brasil, recebeu esse nome. E foi publicado com o titulo Sombras da Paixão.

View all my reviews

Paula Marshall: A dama e o condenado

A dama e o condenado
A dama e o condenado by Paula Marshall
My rating: 2 of 5 stars

A história se passa entre Sarah, jovem e rica herdeira e Alan Kerr, um condenado emancipado que atua em Sidney, para onde ela vai junto com o irmão ao sofrer um desengano amoroso.
A principio a relação deles é de estranhamento e discussão. Mas a medida que eles vão conhecendo um ao outro surge a paixão. Quando Sarah é raptada, Alan vai atrás dela e é então que eles baixam suas couraças protetoras e suas inseguranças e, por fim se permitem sonhar com um futuro.
Na minha opinião, Sarah é uma mulher decidida que atua de acordo com sua consciência; ele, mesmo sendo um médico aceito na sociedade em que vivem, se acha inferior e não merecedor do afeto dela. Para contribuir para a infelicidade e entendimento do casal, há o irmão dela, John que prejudicou e dificultou a aproximação dos dois.
Pontos negativos: A falta de entendimento e a ausência de confissão do amor que sentiam pelo outro. A indecisão é uma característica forte dos dois, o que tornou a história monótona, apesar dos acontecimentos, das revoltas e dos preconceitos existentes, somente depois de muito lenga-lenga é que a história cresce um pouco.
Ponto positivo: a presença de Tom Dilhorne (O Casamento de Hester), a amiga Lucy e Carter, ajudante de quarto do irmão de Sarah.

View all my reviews

Shannon Drake: Ondine

Ondine Ondine by Shannon Drake
My rating: 3 of 5 stars

Warwick Chatham salvou Ondine da forca ao casar-se com ela para tentar descobrir quem matara sua mulher.
Ondine que vivia fugindo de seu tio e do filho, fora condenada porque seu pai fora acusado de atentar contra a vida do Rei Charles II e morrera infamemente e ela levada para New Gate e foi a caminho da forca que ele a viu e achou-a ideal para impedir as cobranças da antiga amante para que se casasse com ela.
Ondine era uma mulher de opiniões fortes que não aceitava ordens e naõ se deixava abater pelas adversidades. E estava constantemente discutindo e em desacordo com ele. E fez diversas tentativas de fugo porque desejava provar a inocência do pai e não contara na verdade que ela era.
Warwick só queria apenas como uma mulher de fachada. E quando eles se casam vão morar em Chatham, a residencia dele. E lá Ondine sofre atentados de morte.
Entre tramas, tapas e beijos eles terminam se apaixonando e descobrem que, ambos tem inimigos mortais que desejam suas mortes.
Assim, para viver esse amor terão que salvaguardar-se de seus inimigos, quem são eles e uma maneira de provar a inocência do pai dela, algo do qual Ondine não abre mão.
Sharon Drake, criou personagens lutadores, fortes e inimigos poderosos que me deixou sempre a espera de que algo iminente aconteceria. Tramas bem urdidas. E um epílogo, com final felizes para os mocinhos e bonzinhos da história. Um boa história cheia de atropelos.
Minha pontuação: 3,5, embora um boa história, achei que faltou algo. Um sentimento meio satisfeito.

View all my reviews

Patricia Grasso: Tempting the Prince (Flambeau Sisters, #2)

Tempting the Prince (Flambeau Sisters, #2)
Tempting the Prince (Flambeau Sisters, #2) by Patricia Grasso
My rating: 3 of 5 stars

Belle, filha bastarda de um duque, é uma moça que vive escondida porque alguém a feriu deixando uma cicatriz no rosto que a deixa envergonhada. Ela, como todas as seis irmãs Flambeau, possui um dom sobrenatural e o dela, é de curar as plantas. Ela estava noiva de Charles e quando aconteceu o acidente, ele se afastou dela terminando o compromisso.
O príncipe Mikhail Kazanov, que é viúvo, precisa se casar porque deseja alguém carinhosa e bondosa para cuidar da filha. E ao ver Belle pela primeira vez, acha que por conta da cicatriz, ela aceitará se casar com ele porque dificilmente ela receberá uma outra proposta e a pede-a em casamento ao duque que, após o que aconteceu com ela, assume todas as filhas.
Com um pouco de suspense, onde um violento assassino mata prostitutas, e algumas inimigas (sogra e a cunhada de Mikhail) que desejam impedir sua aproximação e por consequente, o casamento dos dois, Belle e Mikhail terão que passar por momentos difíceis, até que os desentendimentos, a intrigas terminem e o amor possa triunfar.
Pontos positivose relaxantes da história: A madrasta de Belle, a filhinha esperta dela, os irmãos do príncipe.

View all my reviews

Mary Balogh: Someone to Hold (Camille e Joel) Spoiler

Someone to Hold  (Alguém para Abraçar*) -  Mary Balogh My rating: 4 /5  Agora nos deparamos com história de Camille, a mais v...