quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Tessa Dare: Romancing the Duke

Romancing the Duke Romancing the Duke by Tessa Dare
My rating: 5 of 5 stars

Izzy e Random é o casal perfeito e acredito que comecei com o pé direito ao escolhê-lo para ler esta pérola de risos, personagens coerentes, constantes e maravilhosos.
A história da solteirona Izzy Goodnight que perdeu o lugar onde morava para um primo distante, tudo porque seu pai, um escritor de contos famoso não deixou nada a herdar. E para surpresa dela, quando está mais desesperada penúria descobre que herdou um castelo, e com todas as dificuldades, chega ao castelo semiabandonado, destruído e com um porém, Random, está lá para impedi-la de adentrar no seu mundo de cegueira e destruição. Mas ele se engana redondamente ao pensar que Izzy irá desistir. Ela está disposta a ficar e lutar por um lugar ao qual pertencer. E ele está disposto a impedir isso.
Entre risos, personagens e cenas engraçadas vamos nos aprofundando no mundo desses seres teimosos que só precisavam do destino para aproximá-los e para que possam liberar toda paixão escondida sob a fachada deles. As cenas "calientes" só acrescentam a esta leitura.
Uma leitura que me deixou de bom humor. Adorável!

View all my reviews

Mia Sheridan: Kyland

Kyland Kyland by Mia Sheridan
My rating: 5 of 5 stars

Desde agosto de 2015 estava com ele entre uma pilha de milhares para ler. E que leitura maravilhosa!
Que pessoa linda por dentro e por fora é Kyland que amadureceu por contas das perdas que a vida nos proporciona e combinou direitinho com Tenleigh que amadureceu por conta do abandono.
Pobreza, sofrimento e solidão povoam o mundo deles dois. Um deseja partir e nunca mais olhar para atrás e outro quer mudar a vida e no entanto, sabem que só podem conseguir através do estudo, ganhando um bolsa para ingressar na Universidade.
Uma história de renuncia e abnegação. Uma história do mais profundo e vívido amor. Uma amor de entrega, onde cada um só quer a felicidades do outro.
Adorei linearidade da autora que mantém uma coerência em toda a história. Há mocinhos e bandidos, pois o mundo está cheio disso.
Tenleigh ( a menina-mulher) e Kyland(o menino-homem) me fizeram feliz simplesmente.

View all my reviews

Katja Millay: Mar da Tranquilidade

Mar da Tranquilidade Mar da Tranquilidade by Katja Millay
My rating: 5 of 5 stars

A história é um relato em primeira pessoa por Josh e Nastya. Josh se dissolve num silencio como se dele fizesse parte. Ela se esforça por não falar por algo que acabou com sua vida aos quinze anos.
Ele não se permite amar para não sofrer pelas perdas, já que para ele amar alguém significa perdê-los em algum momento da vida. É um garoto solitário que ama carpintaria cuja histórico de perdas começou aos 8 anos.
Ela é um vulcão preste a explodir e tenta dispersar sua raiva correndo longos caminhos a noite, já que considera a noite menos perigosa do que o dia. E está cansada de sentir que faz os outros infelizes, cansada de ser responsável pelas tristezas de quem a ama. Ódio é a palavra chave que rege sua vida.
Há um contraste e igualdade na vida dos dois. E esse contraste os aproxima. Josh é de poucas palavras, enquanto ela não fala para não dar vazão a sua dor e externar sua opinião sobre tudo que perdeu. Juntos eles encontrarão seu lugar no mundo. Vão aprender que quando há amor, tudo pode mudar e que há maneiras de ser feliz com a dor das perdas. É uma história intensa com a qual me identifiquei bastante. Personagens coadjuvantes que dão mais cor e vida ao livro.
* Assim para a Nastya o mar da tranquilidade é onde ela pousa com segurança porque sabe que lá encontrará a paz, a quietude e onde ela podia ser ela mesma e na casa dele onde consegue tudo isso.

View all my reviews

 Curiosidades: Quis saber o motivo do titulo Mar da Tranquilidade e descobri e a própria autora se refere a isso e se  trata de uma região lunar localizada na face visível da Lua, onde pousou o Módulo Lunar Eagle, da Apollo 11, em 20 de julho de 1969, na primeira missão espacial a pousar na Lua. É como se fosse um porto seguro onde um navio aporta com segurança.

Tessa Dare -The Scandalous, Dissolute, No-Good Mr. Wright

The Scandalous, Dissolute, No-Good Mr. Wright The Scandalous, Dissolute, No-Good Mr. Wright by Tessa Dare
My rating: 4 of 5 stars

Eliza está sempre a espera de seu debut, mas por conta de um erro tolo na adolescência, terá que esperar até que todas as suas 3 irmãs se casem. Mas aos dezoito espiando da sala de estar a festa de compromisso de sua irmã Maggie, ele dá de cara com o dissoluto Mr. Wright e a partir deste momento, em a cada crescente momento eles se veem atraídos um pelo outro, embora neguem esse fato. Ele se torna uma irritante tentação a cada estação que se encontram e ela, sabe que não pode se envolver com ele, pois poderá acabar arruinada.
Harry é mais velho do que ela, embora se sinta atraído por ela, sabe que não pode se envolver porque num tem nada a oferecer. Eles estão sempre se provocando um ao outro cada vez que se encontram. A cada encontro atração está presente. e o amor chega a ponto culminante quando Harry decide participar das guerras napoleônicas.
Bons e interessantes diálogos são a tônica desse livro. É leitura rápida e agradável.

View all my reviews

Grave Secret Charlaine Harris

Grave Secret Grave Secret by Charlaine Harris
My rating: 5 of 5 stars

Eu não sou muito fã de livros de fantasia/sobrenatural, mas esta foi uma série das que mais gostei.
A série conta a saga de Harper e de Tolliver em busca da irmã dela e meia irmã dele. O "Dom " de localizar, identificar os mortos e saber como morreram dela faz com que eles conquistem diversos inimigos nesta trajetória.
Eles tiveram uma infância difícil sendo os pais usuários de drogas e que deixavam eles ao Deus dará. Quando Cameron, a irmã desaparece, Harper e Tolliver sai em busca da irmã e no caminho é contratada para usar seu dom e com isso eles ganham o suficiente para viverem. Nesse ínterim eles se descobrem atraídos um pelo outro e passam a viver juntos.
Neste ultimo livro da série, suas buscas duram já 8 anos e eles não perderam a fé em encontrar Cameron.

Este um livro me fascinou porque cada acontecimento levava a um passo a uma nova descoberta, a surpresas e me manteve ligada no livro. E o final é surpreendente.
Uma interessante e ótima leitura.


View all my reviews

Elizabeth Hoyt - To Desire a Devil

To Desire a Devil To Desire a Devil by Elizabeth Hoyt
My rating: 4 of 5 stars

O quarto e último da série nos conta a história de Reynaud St. Aubyn que passou sete anos no cativeiro e retorna com cicatrizes profundas na alma e no corpo. Quando chega a Londres, selvagem, tatuado, esquelético, faminto, totalmente transtornado pelo sofrimento e cheio de confusas imagens, tudo que deseja é chegar até sua casa e reencontrar seu pai. Mas para sua decepção, seu pai está morto, e seu título passou a uma parente distante. E ao adentrar nesta, há um multidão de pessoas em sua casa e ele provoca um escândalo ao se dirigir diretamente para a Beatrice agarrando-a e perguntando em francês onde está seu pai e cai desmaiado ao seus pés.
Beatrice, a jovem que vive na sua casa e cujo tio herdou as possessões de Reynaud o acolhe e cuida dele, apesar dele apresentar momentos de alucinações e de não ter certeza quem ele realmente é.
Ela é uma jovem cheia de personalidade e reage a ele ou seja, não se recolhe quando ele ultrapassa os limites e se torna um bruto. Ela sabe se impor e num se deixa levar por ele.
Quando a atração cresce, eles dão liberdade a estes sentimento.
Mas para que ele tenha direito a sua herança, terá que lutar para provar que é realmente o herdeiro e que não está louco. Embora sua chegada possa trazer uma verdade a tona: o verdadeiro traidor que provocou sofrimento a muitas pessoas e aos seus amigos.
Uma história sensível, agradável e com ótimos personagens, boas cenas e bons diálogos.

View all my reviews

Proibido - Tabhita Suzuma

Proibido Proibido by Tabitha Suzuma
My rating: 4 of 5 stars

A autora aborda um tema extremamente embaraçoso sobre relações entre os irmãos, Lochan e Maya. É um livro bem escrito cuja leitura flui rápida, e ela aborda o tema sob o aspecto consensual, ou relação consentida, sem ter sido imposta. Eles se apaixonaram, eram adolescentes que viviam sob intensa pressão porque eram responsáveis pelos irmãos mais novos( Kit, Tiffin e Willa) e com medo que a Assistência Social os separassem todos. A mãe era um desnaturada que viviam bêbada e aparecia em casa somente quando queria e era totalmente irresponsável.
Não é um livro erótico, e os personagens sofrem o peso de terem se apaixonados e o amor foi entre eles sempre foi culpado. Os momentos de carinho eram raros momentos roubados quando os irmãos estavam ausentes. Eles não se sentiam como irmãos, era apenas duas pessoas cujo aspecto biológico, os tornaram parentes.
E como a própria autora escreve: " O amor não escolhe pessoas, ele simplesmente acontece".
É uma história de perdas, danos, sofrimentos e sacrifícios... e as consequencias disso.

View all my reviews

Encadenada por amor - Patricia Grasso

Encadenada por amor Encadenada por amor by Patricia Grasso
My rating: 4 of 5 stars

A bela espevitada, sem-papas-na-língua e esperta Brigette tem seu casamento arranjado com o Escocês Iain MacArthur, que por conta dos seus deveres como herdeiro, já que o irmão mais velho morreu, envia seu irmão Percy para representá-lo e ela se sente indignada e se casa de luto e é a partir daí que essa tumultuada relação se desenvolve. A caminho para a Escócia, ela foge e é encontrada por seu marido, que dá nome outro nome e logo se veem envolvidos em uma louca paixão. E ele, exercendo seus direitos de macho "Highlander" cobra seus direitos. E quando Brigette descobre quem é ele e que a enganou, é um Deus nos acuda.
A mocinha pode receber uns tapas, mas não se abaixa para homem nenhum. Revida na mesma hora, ou na linguagem e nas ações físicas.
É um livro engraçado, estilo entre tapas e beijos, e a mocinha é uma louca de pedra, por ser impulsiva demais. Se ela sentir raiva do marido por algum motivo, isso é motivo de fuga. Ela está sempre fugindo, e sempre correndo perigo e com resultados de receber umas bordoadas do marido que quer forçá-la a obedecê-lo. Mas o amor entre eles é inegável. Se declaram abertamente, se enfurecem e depois estão aos beijos e abraços com direito a cenas bem picantes.
Destaque para os personagens Black Jack (que me comoveu demais), Glenda - a menininha encantadora, entre outros. Alguns personagens sinistros tem seu bem merecido fim.

View all my reviews

sábado, 16 de janeiro de 2016

The Mistress of Tall - Laura Frantz



Dando um olhada no Pinterest, dei com um livro que chamou minha atenção. O livro era de uma autora desconhecida para mim. Mas o tema me interessou tanto que desejei lê-lo. e não me arrependi. 
Laura Frantz é um escritora nascida e criada em Kentuck, cristã ( algo que está presente no livro que li). Ela sempre foi fascinada por história, o que se nota pelo cuidado em sua escrita. E nunca teve pretensão de publicar algo. Mas, algumas escritoras já nascem feitas e acredito que Laura é uma delas. E como ela própria diz, citando provérbios 16:9 "O coração do homem planeja o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos."
Pois bem, o livro em questão era A Mistress of Tall Acre, publicado em set/2015. E sua apresentação dizia algo assim:

Uma casamento de conveniência.
Ela está apaixonada por alguém mais.

Ele não deseja amar novamente.
O que poderia possivelmente dar errado?
E então nas vinte quatro horas seguintes me enterrei inteira neste livro. E o livro me absorveu completamente. Que leitura boa, gostosa que te deixa com um sensação de bem estar quando você percorre a última página do livro. 




Título: The Mistress of Tall Acre ( A senhora de Tall Acre)
Nº Páginas - 393
Personagens - Seamus Ogilvy, Sophie Menzies

A Mistress of Tall Acre se passa na época da guerra da Independência Americana em meados de 1783. Rica em detalhes, e conta com personagens extremamentes emocionantes  e conflitantes.
Mais há uma que me conquistou de cara, a pequena e sábia Lily Cate de cinco anos. Nunca uma criança me emocionou tanto num livro quanto ela. A sua relação empática com Sophie é linda, é construída sobretudo com amor. E o que dizer de Seamus? Que ao voltar da Guerra, um herói ferido, com cicatrizes e uma mão quase sem dedos, não lhe é permitido chegar perto da filha que tanto ama. E então desesperado, ele a tira a força da casa dos seus cunhados e a leva para Tall Acre. Só com um detalhe, o relacionamento entre a filha e ele não existe, visto que ela nunca conviveu com ele e o temia e o tratava formalmente de "Sir" ou de "General". 
Ela é quem faz ele se aproximar de sua vizinha, (Sophie) cuja mãe fez o parto dela (Lily). Sophie estava só (o pai fora embora para Inglaterra, o irmão não voltara da Guerra e a mãe morrera) e passando fome e necessidades. E então, Seamus chega de volta e como cavalheiro que é, por sentir que a filha está em boas mãos, permite essa amizade cresça e começa a ver as privações pelas quais ela passa e sempre que pode a ajuda. Mas, a cunhada nunca desistiu de ter a sobrinha de volta e decide fazer petição legal da guarda da sobrinha, alegando que ele não tem um lar adequado para ela. Lily Cate praticamente implora para o pai casar com quem ela considera uma mãe, porém Seamus reluta em casar por que não deseja e não ver sentido em casar novamente, mas por temer perder a filha, termina finalmente por pedir Sophie em casamento. Assim eles entram numa relação, que embora não haja amor, há um profundo respeito e amizade. Mas, aí quando tudo parece caminhar bem para que o relacionamento deles se complete, quando eles começam a se acertar, Lily Cate é raptada e esse rapto traz o passado que todos consideravam morto: A mãe de Lily Cate que voltou para retomar o lugar a que tem direito. Um briga judicial vai rolar, fazendo da vida destes personagens um inferno. Um livro apaixonante e por isso o recomendo. 

Fonte: http://laurafrantz.net/books/the-mistress-of-tall-acre/
https://www.goodreads.com/book/show/24933985-the-mistress-of-tall-acre?from_search=true&search_version=service

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Rona Sharon - Almas em Chamas/Once a Rake/Una vez un libertino

Rona vive em Israel. Há viajado ao redor do mundo desde pequena e fala cinco idiomas. É graduada em economia e finanças pela Universidade de Tel Aviv e tem trabalhado durante anos para o Departamento do Tesouro antes de tomar a decisão de escrever em tempo integral. Autora de romances históricos, há obtido uma grande aclamação por parte dos leitores deste gênero. Dados retirados de sua entrevista*.
Ela escreveu no total 3 romances, entre eles alguns históricos  e paranormal, entre os históricos como My wicked Pirate e Once a Rake*(Almas em Chamas/Una vez un libertino). Seu terceiro romance Royal Blood (Sangue Real- é um Romance paranormal de suspense que foi lançado nas livrarias em abril de 2009. 
Ela vive na costa do Mediterrâneo, em Tel Aviv. Seu primeiro livro My Wicked Pirate (Meu Pirata Malvado) foi publicado em 2005 seguido de Once a Rake em 2007. Blood Royal, embora seja uma história romântica retrata muito mais do que apenas isso. Envolve intriga, política, luxúria, traição, personagens bem definidos o que torna uma leitura interessante no seu terceiro romance. 
Ela nasceu em Tel Aviv e já viveu alguns meses em Nova York e em Roma. Viajou pelos EUA e Canadá, percorreu o continente europeu, e até mesmo viajou para o Extremo Oriente.
Ela acha que a versatilidade é uma qualidade importante em um escritor e que crescer em Israel, um antigo país multifacetado torna isto um caldeirão de culturas, onde existe uma ligação entre Oriente - Ocidente direto para a antiguidade, e que além de viver numa terra Bíblica, rodeada por locais sagrados e intrigantes, onde marcas foram deixadas por Alexandre, o Grande, Júlio César, o rei Ricardo Coração de Leão, mesmo Napoleão, tudo e todos deram-lhe uma perspectiva ampla e fascinante do mundo em que vive. E ressalta que os tesouros culturais de Israel fazem a antiga Roma parecer uma jovem civilização - e a coisa mais impressionante é que a língua hebraica permanece como era mais de 3000 anos atrás, o que me permite ler inscrições supremamente idade. E fala que as influências americanas e europeias, a indústria de alta tecnologia líder, a ênfase na educação, e suas crenças profundamente enraizadas na democracia e livre pensamento, se tornam uma fonte inigualável de inspiração. E junte-se a isso as suas próprias experiências de vida, servindo no exército durante a Tempestade no Deserto, ter amigos próximos que eram soldados de combate, e saber o que significa estar em guerra. E que perder membros da família, pessoas que mais amava no mundo, e conhecer a dor mais profunda lhe permite escrever histórias vivas. 
Ela sempre soube que se tornaria uma escritora, mas levou algum tempo para ter a coragem necessária para deixar uma carreira "normal" e pegar uma estrada menos desconhecida. 
Atualmente escreve sobre Roma renascentista visto que, sempre esteve fascinada com este período por muitos anos. 
Considera-se uma autora de tempo integral. e que leva meses de trabalho duro e concentração para pesquisar um período histórico e escrever um livro sobre isso. Isso deixa pouco tempo para qualquer outra coisa. A sua escolha pelos Históricos ocorreu porque lia romances históricos desde que tinha quatorze anos de idade. Seu primeiro livro começou como uma busca de lazer. Então, antes que percebesse, tinha um contrato de dois livros para o My Wicked Pirate, uma história de adagas e amor de um desesperado italiano e uma senhora inglesa, e Once a rake, a história do escariado comandante da cavalaria retornando das Guerras Napoleônicas. 
Ter um livro publicado, é um sentimento de pura realização. Ela revive esta emoção cada vez que outro livro chega às livrarias.
Os seus autores favoritos são: Alexandre Dumas (Os Três Mosqueteiros), LM Montgomery (Anne of Green Gables), Louisa May Alcott (Little Women), de Umberto Eco (O Nome da Rosa), Honoré de Balzac (Pere Goriot), Robert Louis Stevenson (Treasure Island), Robert Graves (I, Claudius), as irmãs Bronte, Lord Byron, Charles Dickens, Jane Austen, Mark Twain ... A lista é longa.

E tem visitado a maioria dos lugares dos quais escreve. A parte da pesquisa é feita em bibliotecas, mas gosta de ver os lugares com os próprios olhos, sentir o cheiro do ar, e ter uma ideia dos lugares sobre os quais escreve. 
Livros: 
https://www.goodreads.com/author/list/20986.Rona_Sharon
*Retirei no site abaixo algumas informações sobre ela:
















Um romance apaixonante com os ingredientes que me apaixonam: um homem que anteriormente foi um celebre libertino, conde Ashby e ao voltar da guerra mutilado, se esconde do mundo. As cicatrizes não estão somente no corpo, estão arraigadas na alma dele. É que se pode dizer um homem enigmático, forte, apaixonado, terno e débil que nos envolve e comove. E ela, não fica atrás, Isabel é uma mulher carismática que sempre foi apaixonada por ele. Ela é que conseguirá que ele saia da concha na qual se envolveu. É ela que sonhou desde menina com este homem...e lutará para conseguir este amor há tanto tempo desejado. Diálogos perfeitos. Personagens idem. São páginas de profundas emoções: risos, choros, etc. Perfeito! e a autora encerra este com o belíssimo poema de Elizabeth Barret Browing:

Se hás de me amar, 
que seja só pelo amor de meu amor.
Não digas nunca: a amo por seu aspecto, seu sorriso,
sua voz gentil ou um traço de seu carácter que me apraz,
que fez nos sentíssemos felizes aquele dia...
Porque todas essas coisas podem mudar,
E sabes, amor meu? Até o amor morre...
Não me queiras tampouco pelas lágrimas
que compassivo enxugas em meu rosto...
Pois posso esquecer-me de chorar graças a ti,
E assim perder teu amor em consequência!
Pelo amor de meu amor quero que me ames,
para que o amor dure eternamente.
    
A linda Alanis era o tesouro mais requintado eternamente reivindicada pelo pirata conhecido como "The Viper" ( a Víbora), mas seus motivos são muito mais importantes do que sua promessa de encantar esta lutadora herdeira inglesa. Navegar pelas águas do Caribe é o meio que vai levá-lo até um fim: recuperar seu direito de nascença ... e uma dívida de sangue contra aqueles que o traíram.
Então ele lhe deu noites prazer ardentes... 
Alanis, está prometida para um nobre, nunca imaginou as emoções inebriantes envolvendo jogos de sedução... Jogos que este canalha parece adorar brincar com ela. Arrastada para uma aventura que logo lhe revela o cavaleiro e alma gêmea que fica sob a fachada áspera de um corsário, Alanis começa a abrandar em relação ao seu captor misterioso, seu orgulho e seu coração sendo vítima de seu feitiço erótico.



Durante a celebração anual da Ordem de Garter, Sir Michael Devereaux chega na corte do rei Henry VIII em uma missão para seu benfeitor. As celebrações infinitas e mulheres suntuosas encantam o carismático recém-chegado, que se torna cativado pela enigmática Princesa Reneé da França. Mas o mal, ao que parece, têm seguido Michael a corte.
Pouco depois de sua chegada, um assassino desconhecido reivindica várias vítimas, incluindo a dama de companhia da rainha, e o poderoso Cardeal Wolsey pede a Michael para ajudar na investigação. Enquanto ele procura o assassino, Michael é assombrado por imagens perturbadoras das vítimas-flashes de violência que o levam a duvidar de sua própria sanidade. Michael logo percebe que a chave para resolver o crime está ligado tanto base imperial do Papa em Roma e um mistério do próprio passado dele - um condenável segredo que poderia alterar para sempre o futuro da humanidade.


Mary Balogh: Someone to Hold (Camille e Joel) Spoiler

Someone to Hold  (Alguém para Abraçar*) -  Mary Balogh My rating: 4 /5  Agora nos deparamos com história de Camille, a mais v...